5 Tendências do Mercado Mobile

5-tendencias-mobile

5 Tendências do Mercado Mobile

1. App Corporativos

Muitas empresas vêm apostando em integrações mobile com os funcionários, ainda que por meio de aplicativos não específicos, para realizar reuniões, debater projetos e interagir. Entretanto, muitas empresas necessitam que soluções mais específicas para o seu negócio, que tenham abrangência desde a gestão, ao gerenciamento de equipes, logística e troca de informações confidenciais. Para não perder essa onda, é necessário encontrar fornecedores aptos a desenvolver aplicativos específicos e direcionados para cada empresa.

Na Tap4, estamos focado no desenvolvimento de soluções mobile, não apenas para indústrias, mas também para médias e grandes empresas. Através dos Apps Corporativos é possível conectar pessoas e informações através de qualquer dispositivo móvel e, assim, melhorar a competitividade de nossos clientes.

via-varejo-porao-alemao-canal-off-pmi-gnt-a-carioca-aplicativos-mobile

É disso que sua empresa precisa? Nós podemos ajudar! Solicite agora mesmo um orçamento.

2. Mobile Commerce (m-commerce)

O celular já é o principal meio de acesso à Internet, portanto, usar essas informações para realizar vendas via aplicativos como já fazem os grandes e-commerces mundiais, e apostar na publicidade mobile para atrair e fidelizar o consumidor é outra forte tendência. O mobile commerce talvez seja uma das tendências mais fortes, e vai continuar crescendo. O consumidor está cada vez mais empenhado em realizar pesquisa de preços online e receber os produtos no conforto do lar. Apostando nessa tendência, muitas empresas estão começando a utilizar outros canais mobile – principalmente redes sociais, para vender, combinados aos apps.

É disso que sua empresa precisa? Nós podemos ajudar! Solicite agora mesmo um orçamento.

3. Cloud Computing

Cada vez mais mobile devices (smartphones, tablets) wearables devices (smartwatches, fitness trackers) e computadores fazem parte da vida das pessoas e  maior desafio é integrar todos os dados. É aí onde a computação na nuvem se estabelece como uma tendência essencial para ser observada por quem pretende apostar no desenvolvimento de aplicativos. As principais vantagens são: o melhor aproveitamento dos investimentos em hardware e a elasticidade. Serviços como Dropbox, Google Music, iCloud e Google Docs, onde os usuários podem criar e editar documentos online, sincronizar músicas e arquivos ao mesmo tempo, são os mais procurados em cloud computing.

É disso que sua empresa precisa? Nós podemos ajudar! Solicite agora mesmo um orçamento.

4. Super Gadgets

Os produtos com Internet são a grande aposta para as empresas que buscam se destacar no mercado através de inovações tecnológicas, transformando meros apetrechos tecnológicos em  super gadgets. A tecnologia que ajuda ao usuário a interagir não apenas com outras pessoas mas também com outras máquinas que fazem parte do seu dia-a-dia, isso é a Internet das Coisas, ou IOT (Internet of Things). O comércio dos produtos com Internet está crescendo continuamente no mundo e no Brasil, até o fim de 2016 e movimentar mais de 15 bilhões de dólares nos próximos 2 anos.

3d-e-realidade-virtual

É disso que sua empresa precisa? Nós podemos ajudar! Solicite agora mesmo um orçamento.

5. Beacons Bluetooth

Outra tendência, é tornar a experiência do usuário cada vez mais personalizada. Para isso, cada vez mais empresas investem em apps com dados sobre a localização do usuário e oferecer novos tipos de serviços, de acordo com suas preferências, através dos beacons. Basicamente um beacon é um pequeno dispositivo que emite sinais através da tecnologia bluetooth low energy, o bluetooth 4.0. Esses sinais podem ser captados por aplicativos de smartphones e tablets, sendo interpretados como gatilhos para uma determinada ação no App. Pesquisas apontam que cerca de 85% dos grandes varejistas vão usar algum tipo de tecnologia bacon em 2016, só nos EUA.

É disso que sua empresa precisa? Nós podemos ajudar! Solicite agora mesmo um orçamento.

Gostou do post? Se interessa por tecnologia e tendências do mercado mobile e quer estar por dentro deste e de outros assuntos? Fique ligado nos próximos posts sobre Tecnologia, Desenvolvimento e Negócios do blog da Tap4.

7 Motivos para usar um Aplicativo para Comunicação Empresarial

7-motivos-app-para-comunicacao-empresarial

7 Motivos para usar um Aplicativo para Comunicação Empresarial

Usar a Conectividade a seu favor

Estamos entre as nações mais conectadas do mundo. Os acessos por dispositivos móveis superam, e muito, a população brasileira. Com seus colaboradores não é diferente. Através do aplicativo de comunicação interna, as informações de sua empresa irão ao encontro dos seus funcionários, diretamente no smartphone ou tablet, sem a necessidade de utilização de outros equipamentos.

Garantir a Agilidade na Comunicação

O leque de informações que os Aplicativos podem servir é enorme, imagine que: podem fornecer informações gerais, preços, formas de reserva, recursos de pesquisa, contas de usuário, mensageiros, feeds de notícias, conteúdos exclusivos e muito mais.

Segmentar o Conteúdo

Independentemente da quantidade de funcionários, o público interno de uma organização possui características heterogêneas. O aplicativo móvel permite a segmentação de conteúdo, utilizando filtros – tags, por cargo, função, localização, ou outra característica, para definir quem receberá determinada informação (notícia, vídeo, enquete etc.) garantindo conteúdo adequado para cada segmento.

Diminuir os Custos com Comunicação

A economia é uma das principais vantagens da utilização de aplicativo mobile, pois permite atualizações de conteúdo sem a necessidade de novo desenvolvimento e com ferramentas adequadas às necessidades de sua empresa. A Tap4 oferece o modelo SaaS (Software as a Service), com ferramentas sob medida, pagamento mensal, que se encaixa perfeitamente no budget da sua empresa.

Estabelecer uma Comunicação Eficiente

A melhor maneira de garantir que suas mensagens serão recebidas é através das pushs notifications, que são um recurso extremamente importante em um aplicativo de comunicação empresarial, uma vez que o aplicativo não precisa estar operando ou aberto para o recebimento da mensagem. Além disso, selecionando a mensagem, o usuário é redirecionado para o seu aplicativo ou executa diretamente um comando determinando, como abrir um vídeo ou ir para um site.

Aumentar o Engajamento nas Campanhas

Com um aplicativo mobile de comunicação, é possível utilizar as ferramentas e funcionalidades dos smartphone e tablets (acelerômetro, câmera, microfone etc.) nas ações de marketing de sua empresa para criar campanhas e aumentar a participação e o engajamento de seus funcionários.

Obter Métricas mais Confiáveis

A obtenção de métricas confiáveis para avaliar a efetividade das ações internas é um dos grandes desafios da área de comunicação empresarial. Utilizando um aplicativo na comunicação interna de sua empresa, é possível obter dados confiáveis sobre comportamento do usuário e sua relação com o conteúdo: eficácia das push notifications, envio, recebimento, visualização e leitura de mensagens, notícias, enquetes, vídeos etc.

Seja qual for sua necessidade, sua melhor opção é contratar uma empresa especializada em desenvolvimento de aplicativos mobile para resolver tudo isso pra você.

Solicite hoje mesmo seu orçamento conosco.

Gostou do post? Se interessa por tecnologia e quer estar por dentro deste e de outros assuntos? Fique ligado nos próximos posts sobre Tecnologia e Negócios do blog da Tap4.

7 Motivos para ter o Aplicativo da sua Empresa

7-motivos-para-fazer-um-app

7 Motivos para ter o Aplicativo da sua Empresa

Estar sempre visível aos olhos do Cliente

Pesquisas apontam que o brasileiro, em média, passa mais de 3 horas por dia visualizando a telinha do smartphone. Estar presente nos dispositivos pode ser uma vantagem para a sua empresa, como a nossa mente armazena inconscientemente imagens e textos, podemos permanecer na lembrança de seus Clientes.

Estabelecer um Canal de Marketing Eficiente

O leque de informações que os Aplicativos podem servir é enorme, imagine que: podem fornecer informações gerais, preços, formas de reserva, recursos de pesquisa, contas de usuário, mensageiros, feeds de notícias, conteúdos exclusivos e muito mais.

Fornecer Vantagens e Benefícios ao Cliente

Retribua os seus Clientes com sistemas de incentivos e pontos fornecidos a cada interação deles com o seu negocio. Uma das melhores sensações que um cliente pode ter é receber o reconhecimento da Empresa, fazendo senti-lo especial e importante.

Fortalecer sua Marca e Manter o Reconhecimento

Os Apps podem contribuir muito para o posicionamento e reconhecimento de sua marca no mercado. Os Apps proporcionam aos seus Clientes uma interação com a Empresa a qualquer momento e em qualquer lugar. Através de uma equilibrada frequência eficaz de visualizações, podemos ter um resultado interessante de convergências de vendas.

Melhorar o Envolvimento com o Cliente

Ter uma relação de comunicação com o seu Cliente através de notificações, mensagens privadas, mensagens segmentadas e outros técnicas de comunicação focada, permite seu negocio se compatibilizar ainda mais as necessidades e ao jeito de melhorar a comunicação com seu cliente.

Ser um dos Primeiros a Estar no Mundo Mobile

Até a presente data, são poucas as pequenas e médias empresas que investem em aplicativos e esta é uma grande oportunidade para que seu negocio dê um grande salto à frente dos seus concorrentes. Seja o primeiro do seu mercado a oferecer um Aplicativo aos seus clientes.

Estabelecer uma conexão Verdadeira com o Cliente

Uma das principais razões que você deve considerar no projeto de seu próprio aplicativo é a fidelidade do cliente. Com toda a competição do mercado, perde-se lentamente o impacto nas ações em virtude da imensa quantidade de publicidade que os rodeia. É o momento exato de estabelecer uma conexão verdadeira e sincera com seus clientes e torná-los um amante fiel de seu produto e/ou serviço, estando apenas a um toque de distancia a qualquer momento.

Seja qual for sua necessidade, sua melhor opção é contratar uma empresa especializada em desenvolvimento de aplicativos mobile para resolver tudo isso pra você. 

Solicite hoje mesmo seu orçamento conosco.

Gostou do post? Se interessa por tecnologia e quer estar por dentro deste e de outros assuntos? Fique ligado nos próximos posts sobre Tecnologia e Negócios do blog da Tap4.

5 Apps Mobile para Aumentar a Produtividade Industrial

Sim, a tecnologia mobile já chegou às indústrias e, em tempos de crise, nada mais importante do que aumentar a produtividade.

Mas o que é produtividade?

De forma simplista, pode-se dizer que produtividade é fazer mais com menos. Tecnicamente, a produtividade é a relação entre o faturamento e custo operacional. Sim! Exatamente o EBITDA (Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation e Amortization).

Em outras palavras, se uma empresa fatura R$ 1M e gasta R$ 800.000 no mês, sua produtividade é de 20%. Se outra empresa fatura os mesmos R$ 1M e gasta R$ 700.000 para produzir, sua produtividade é de 30%. Simples, não?

Como melhorar a produtividade da minha empresa?

Usando um modelo simplificado, podemos dividir os custos de produção da seguinte forma:

  • Pessoas – Salários, benefícios e encargos
  • Ferramentas – Máquinas, equipamentos, mobiliário, software etc
  • Processos/Conformidade – Garantia e controle da qualidade
  • Utilidades – Aluguéis, água, luz, telefone, manutenção predial, limpeza etc
  • Taxas – Impostos e taxas em geral
  • Manutenção/Garantias – Todos os custos com garantias e manutenções previstas e imprevistas sobre o produto

Então, aumentar a produtividade é o mesmo que “brincar” com esses parâmetros para produzir mais. Deste modo, uma empresa pode aumentar sua produtividade, por exemplo, das seguintes formas:

  • Capacitando seus funcionários para aumentar a quantidade de peças produzidas por pessoa (no mesmo tempo e com os mesmos salários)
  • Aumentando a previsibilidade da produção através de controles de baixo custo e fáceis de implantar
  • Reduzindo perdas de material causadas por erros de processos ou falta de controle das rotinas e processos
  • Reduzindo o desperdício, através do controle de matérias-primas e produtos acabados

Existem várias outras formas, umas mais simples, como apagar a luz quando sair de uma sala e outras mais complexas, como fazer uma reengenharia fiscal que otimize o pagamento de impostos. Mas hoje, vamos focar nas melhorias que os aplicativos mobile são capazes de apoiar.

Alcançando a produtividade

Todo gerente industrial tem como principal missão entregar a máxima capacidade com o menor custo possível, ou seja, tem a produtividade como meta. Mas, sempre vive o mesmo dilema: Se coloco muitos controles, aumento o custo.

Então como aumentar a produtividade do negócio?

Com soluções simples e ecientes, que tragam o benefício procurado, sem necessariamente requerer grandes investimentos.

1. App Instrução de Trabalho Eletrônica – ITE

Quem já visitou indústrias conhece as famosas Instruções de Trabalho. São folhinhas de papel que são coladas nas máquinas da produção, com informações sobre o processo produtivo, produto, configuração da linha e até sobre os turnos.

O problema é que as indústrias são organismos muito dinâmicos. Hoje uma linha atende a uma ordem de produção de um cliente com especicações exclusivas; amanhã ela atende à uma demanda interna, com produtos generalizados; depois de amanhã, ela produz para uma revendedora que quer sua logomarca impressa no produto. E como se não bastasse tudo, daqui a uma semana, a linha muda completamente e produz outra coisa.

Moleza manter aquele monte de papeizinhos atualizados, né? Só imprimir tudo de novo e circular na empresa colando, um por um, na linha de produção.

Não! Além de ser um trabalho extremamente braçal, é geralmente realizado por prossionais da área de Qualidade, treinados, certicados e com bons salários. Esses prossionais perdem tempo na impressão das folhas, perdem tempo andando na empresa colando as coisas para, no dia seguinte, tudo mudar. Se cometerem erros, precisam fazer todo processo novamente e, basta um cliente com especificações exclusivas para todo processo iniciar novamente.

ITE-screens-tablet

App ITE by Tap4

O ITE (Instrução de Trabalho Eletrônica) é uma solução que consiste no posicionamento de tablets de baixo custo nas linhas de produção, que são configurados remotamente com as instruções necessárias. Mas não apenas texto, o ITE permite que sejam colocadas fotos, vídeos, áudios e principalmente, permite que um operador possa se comunicar com a central de qualidade.

Com esse tipo de aplicativo, a empresa economiza em tempo, aumenta a instrução dos funcionários e consegue reagir mais rapidamente às mudanças e aos problemas.

É disso que sua empresa precisa? Solicite agora mesmo seu orçamento conosco.

2. App de Controle de Produção Móvel – CPM

Sempre pensamos que as linhas de produção são automatizadas em todas as indústrias, com aqueles grandes sistemas administrativos que controlam cada passo, não é verdade?

Mas pelas minhas andanças nas indústrias percebi que muitas não possuem esse tipo de sistema, simplesmente porque nanceiramente não compensa. Um software de controle custa milhões de reais e, por vezes, a empresa não está disposta a arcar, pois não terá retorno financeiro suficiente pelo investimento.

app-controle-producao

App CPM by Tap4

O CPM (Controle de Produção Móvel) simplifica a situação, colocando um tablet na mão de cada líder de linha, com os parâmetros que devem ser coletados e com avisos para que o faça no tempo certo.

Esses parâmetros são estabelecidos pela equipe de Planejamento e Controle de Produção, de acordo com as necessidades de cada empresa e contém, por exemplo:

Quantidade de peças produzidas
Quantidade de peças defeituosas
Tempo médio de produção por peça
Lotes aprovados pela qualidade

As informações coletadas são enviadas automaticamente ao servidor e permitem, sem o investimento num sistema complexo, que a empresa consiga:

  • Prever os custos e o faturamento no período
  • Saber os status dos pedidos sem precisar consultar aqueles “quadros gigantes” de kanban, típicos das fábricas
  • Identificar paradas de produção em tempo real
  • Automatizar a interatividade com fornecedores e clientes através da troca de mensagens (supply chain management)
  • E também permite ao cliente acompanhar e até modificar seus pedidos, tudo sem necessidade de e- mails, ligações etc

Além disso, o aplicativo também pode ser integrado às próprias máquinas, fazendo coletas automáticas de dados.

Aposto que você não imaginava quantos benefícios um app desses podia trazer para o seu negócio, mas ainda tem mais: Integrando o CPM ao ITE, é possível que todas as estações de trabalho sejam atualizadas com as informações necessárias para produção, com apenas um clique.

É disso que sua empresa precisa? Solicite agora mesmo seu orçamento conosco.

3. App Auditor Móvel

Padronizar os processos de uma empresa é uma tarefa complicada, basta “tirar o olho” e começam as não- conformidades. Quem trabalha em indústrias sabe bem do que estou falando.

O Auditor Móvel permite que a empresa distribua tablets ou smartphones para a realização de auditorias nas indústrias, mesmo as mais remotas liais, sem a necessidade de digitação, erros humanos ou perdas de dados.

Ele cria formulários de avaliação, que podem ser geridos pela equipe de Qualidade remotamente, e envia diretamente aos tablets dos auditores, evitando trocas de e-mails, coletas manuais, demora na recepção dos resultados e também os erros humanos. O aplicativo pode ser utilizado mesmo sem internet, basta o auditor retornar à base e fazer a sincronização.

auditor-movel

App Auditor Móvel by Tap4

Essa é uma das formas mais práticas de redzir desperdícios com erros de processo, o que, além de tudo, pode aumentar a produtividade, já que os processos foram estudados exatamente para extrair o melhor arranjo produtivo possível.

É disso que sua empresa precisa? Solicite agora mesmo seu orçamento conosco.

4. App Inventário

Um dos problemas mais simples que uma indústria pode enfrentar: a falta de controle de estoque. Ele, infelizmente, acontece com grande frequência e, por isso, são realizados os inventários.

Acontece que em boa parte das empresas esse processo é manual e, em outras, é realizado usando equipamentos caros (aquelas “pistolas” de controle de estoque). A proposta do app Inventário é usar o celular como ferramenta e integrar os resultados de vários celulares através da sincronização.

inventario

Controlar inventários é uma das formas de reduzir desperdícios (e até furtos), isso aumenta a produtividade da empresa através da redução de custos.

Nosso App lê códigos de barras, QRCodes e faz até reconhecimento de imagens, mas principalmente, permite que os próprios celulares da empresa sejam utilizados como forma de controlar estoques e realizar contagens, sem necessidade de investimento adicional.

É disso que sua empresa precisa? Solicite agora mesmo seu orçamento conosco.

5. App Learn Up®

Agora imagine que sua empresa possua cinco fábricas em cidades diferentes. Você precisa treinar todos os funcionários numa nova tecnologia, produto ou simplesmente fazer uma reciclagem. Não é raro as pessoas faltarem aos treinamentos, não é verdade?

O Learn Up® é a solução, pois permite que os profissionais recebam treinamentos aonde quer que estejam. Ela possui um modelo de pontuação que gera uma “disputa” ou um “jogo” entre os funcionários, é o que chamamos de gamificação (transformar algo sério num jogo).

learnup

Com essa ferramenta, sua empresa pode distribuir o conteúdo nos celulares das pessoas (ou em tablets localizados nas fábricas) exatamente com o mesmo conteúdo em todos os lugares, ao mesmo tempo. Também permite que seja realizado um controle acurado de quem já participou dos cursos, se assimilou realmente o conteúdo (provinhas e tarefas).

Isso facilita grandemente o processo de capacitação de pessoas à distância, pois não requer nem o deslocamento de pessoas, nem grandes investimentos com infraestrutura de TI.

É disso que sua empresa precisa? Solicite agora mesmo seu orçamento conosco.

Na Tap4, somos um grupo de 60 pessoas focadas no desenvolvimento de soluções que aumentem o Desempenho Operacional, não apenas de indústrias, mas também de empresas de comércio e serviços. Nossa missão é “conectar pessoas e informações através de qualquer dispositivo móvel” e, por isso, estamos sempre criando novas formas de melhorar a competitividade de nossos clientes.

Fique ligado no blog da Tap4, no próximo post mostraremos mais aplicativos mobile que podem melhorar o Desempenho Operacional da sua empresa!

Apps Mobile – Testes

Chegamos ao quinto e último post da série especial “Apps Mobile”, sobre as diferentes áreas envolvidas na criação de aplicativos, hoje vamos falar sobre Testes de Software, que é uma espécie de investigação por todo o aplicativo para encontrar possíveis bugs e corrigi-los para entregar ao cliente um produto de qualidade.

Objetivo

Nosso objetivo como time de teste é garantir que o usuário receba um produto de maior qualidade possível, revisamos a documentação, já procurando por falhas, pois até 70% dos bugs decorrentes podem ser evitados com isso.

lupa-procurando-bus-codes

Com documentação pronta e aprovada, pegamos a UX (documento com todos os uxos e funcionalidades) e escrevemos os casos de teste para cada funcionalidade, item e situação de acordo com seus respectivos requisitos.

teste-funcionalidade

Recebido as primeiras versões, fazemos o chamado Smoke test, que consiste em vericar se a função principal do produto está funcionando, se não, o teste é cancelado e este é devolvido para o time de desenvolvimento, caso esteja ok continuamos com os testes. Pegamos todos os casos de teste e comparamos o resultado obtido junto com a documentação (UI), se o resultado é positivo passamos para o próximo caso de teste, caso negativo este bug é registrado na ferramenta de bugtracking, cadastramos a falha com seu título, prioridade, severidade, passos para detectar, ambiente, log e registro em mídia (se possível), terminado essa etapa o time de desenvolvimento começa a corrigir esses erros.

Com uma grande massa de bugs já resolvidos, recebemos outra versão com suas respectivas correções e mudanças, nesta etapa a equipe trabalha em cima de várias técnicas:

Reteste

Testar novamente os casos de teste que falharam

Regressão

Testar requisitos que sofreram mudança no resultado esperado

Validação

Ver se o resultado esperado está de acordo com requisitos

Verificação

Ver se os itens testados funcionam adequadamente

Depois desse vai e vem de correções, mudanças e testes uma versão é enviada ao cliente, para que ele possa fazer o teste de aceite, que é ver se o produto está de acordo com o que foi pedido.

“Então, quando acabarem os bugs, o produto estará pronto !?!”

Para falar a verdade não, e não, os bugs não acabaram pois não existe no mundo nenhum software livre de erros, falhas e bugs, nem mesmo  Whatsapp, Facebook, Android, iOS, Windows, MAC etc. Todos eles têm bugs, por que é praticamente impossível fazer todos os caminhos de um software para achar todos os bugs, e também não há tempo suciente para isso, podemos ver no exemplo [Myers 79]:

Um pequeno programa com um uxo de controle simples será testado. O programa consiste em quatro conexões (Instruções – IF). O uxo é ilustrado na gura abaixo. Entre o ponto A e B há um loop, com um retorno do ponto B ao ponto A. Se o programa tivesse que ser testado totalmente, todas conexões possíveis devem ser executadas. Com o limite de no máximo 20 ciclos, o resultado segue o cálculo, 5^20 +5^19+…+5^1, onde 5 é o número de caminhos possíveis no loop. Glenford J. Myers, descreve que seriam gerados 100 quadrilhões de sequências diferentes, assumindo que a execução de 1 caso de teste manualmente levasse 5 minutos, o total seria de pelo menos 1 bilhão de anos para fechar todos os casos, e se ao invés de 5 minutos, levasse 5 microssegundos em um teste automatizado, seriam necessários 19 anos. 

fluxo-controle-post-blog

“E como termina?”

Existem várias abordagens para denir o término de um teste, as que usamos aqui são os critérios de saída (se a função entrega o que foi pedido), junto com o resultado do teste de aceite, até chegarmos no ponto aceitável, em que o usuário possa ter um produto que cumpre o que promete, com qualidade e risco mínimo (probabilidade/gravidade, do bug acontecer).

A área de Testes é responsável por uma etapa de suma importância no desenvolvimento de apps, pois é nela que todo o trabalho da equipe é posto em prova, responsáveis por assegurar que o produto final esteja de acordo com o que foi pedido pelos clientes e o que foi proposto pela empresa.

devices-para-teste-android-tablet-apple-motorola

Essa série de posts foi proposta para apresentar um pouco sobre todo o processo de criação de um app, desde a ideia inicial, as escolhas das funcionalidades e telas, a programação nos diferentes sistemas operacionais até os testes. E mostrar que por trás de um aplicativo de sucesso está uma equipe empenhada, cada um em sua função, mas trabalhando em conjunto para entregar um ótimo produto.

Gostou do post? Se interessa por tecnologia e quer estar por dentro deste e de outros assuntos? Então, fique ligado nos próximos posts e séries sobre Tecnologia e Negócios do blog da Tap4.

Apps Mobile – Linguagem de Programação – Parte 1

Dando continuidade à série especial “Apps Mobile”sobre as diferentes áreas envolvidas na criação de aplicativos, neste primeiro post sobre Linguagem de Programação, falaremos sobre os principais sistemas operacionais, linguagens de programação utilizadas, equipamentos e seus respectivos canais de distribuição.

Programação de Aplicativos Mobile

Os aplicativos de celulares estão cada vez mais presentes em nossas vidas e hoje praticamente existe um aplicativo para tudo o que queremos. A frase “existe um app para isso” já é amplamente usada em nossas conversas entretanto esses aplicativos móveis não surgiram apenas das ideias, foi necessário alguém para desenvolvê-los.

mulher-procurando-bus-macbook
Sistemas Operacionais

No mundo mobile existem hoje três principais sistemas: Android, iOS e Windows Phone. Além desses três existem outros menores que somados não representam 5% do mercado mundial mas que são tantos que não vai ser possível falar de todos sem tornar esse artigo muito maior do que já é.

Vamos falar brevemente de cada um dos Sistemas Operacionais mais relevantes e de alguns dos menores, mas que consideramos bastante interessantes:

Android
android-color-nome

É o sistema operacional móvel mais utilizado no mundo, é desenvolvido pela Google. Começou como um produto para concorrer com o Blackberry mas em 2007, com o lançamento do iPhone, ele mudou de rumo e passou a ter o produto da Apple como seu principal concorrente.

Seu ponto forte é ser um sistema que qualquer fabricante pode licenciar, o que levou ao lançamento de inúmeros telefones com Android, em todas as faixas de preço e para todo tipo de usuário. Infelizmente sua principal característica é também a origem de seu principal ponto fraco, o sistema é muito fragmentado, com vários aparelhos ainda rodando versões de 5 anos atrás e apenas uma baixa porcentagem suportando a versão mais nova, isso acaba gerando problemas entre os desenvolvedores que tem que escolher em usar as funções mais novas do sistema operacional ou dar suporte para mais aparelhos.

Como curiosidade até pouco tempo, Steve Wozniak, co-fundador da Apple, tinha o Android como seu sistema operacional predileto, com o lançamento do iPhone 6 ele disse ter trocado o Android pelo iPhone.

iOS
ios-apple

Lançado em 2007 junto com o iPhone pela Apple, quando ainda se chamava de iPhone OS, é o responsável pelo início da era dos smartphones que vivemos agora, que até então ainda eram um produto de nicho dominado por telefones com Windows CE e pelo Blackberry.

Com uma usabilidade extremamente acessível, baseado em uma tela de toque mais sensível que qualquer um de seus concorrentes da época e com uma interface de usuário feita pensando na utilização com as mãos ao invés das canetas style ele trouxe a experiência de um computador de bolso para um número muito maior de pessoas.

O iOS chegou a liderar o mercado de smartphones mas foi passado pelo Android. Ainda, assim, se mantém como um dos Sistemas Operacionais móveis mais utilizados no mundo.

Windows Phone
windows-phone

A Microsoft, que já havia sido relevante entre os sistemas operacionais móveis com o seu Windows CE se viu passada para trás com a chegada do iOS e em seguida pelo Android, resolveu rever sua estratégia e reformulou o Windows CE passado a chamá-lo de Windows Phone.

O maior expoente do Windows Phone foi com certeza a NOKIA entretanto ele nunca chegou a fazer o mesmo sucesso que o Android e o iOS, o que acabou levando a NOKIA a vender sua divisão de celulares para a Microsoft, que hoje é a principal, e quase única, fabricante de telefones com o WP com a série LUMIA.

Com a chegada do Windows Phone 10 até o fim de 2015 a Microsoft pretende unificar seu ambiente de desenvolvimento com os aplicativos universais. Aplicativos que serão tanto compatíveis com o desktop quanto com os seus smartphones.

BlackBerry
blackberry

Lançado pela RIM, era o telefone predileto entre os executivos e usuários corporativos. Até hoje o seu ambiente de mensagens, o BBM, ainda é utilizado por usuário que buscam segurança em suas comunicações. Sua característica mais marcante era o teclado físico em seus telefones que facilitavam muito a digitação nesses aparelho mas que, por pressão de mercado, acabou sendo abandonado nos modelos mais recentes em favor de telas maiores e um teclado virtual com corretor de texto.

A RIM não conseguiu acompanhar seus concorrentes e foi gradativamente perdendo relevância e hoje já anuncia lançar telefones com o Android.

MeeGO
meego

É um sistema operacional móvel de código aberto que vinha sendo desenvolvido pela NOKIA e Intel. A NOKIA chegou a lançar o telefone N9 com esse sistema mas logo descontinuou o seu desenvolvimento em favor do Windows Phone que passou a adotar em todos os seus produtos.

Alguns fãs do sistema consideram o abandono do MeeGO pela NOKIA como o início do fim da empresa.

Tizen
tizen

A Samsung sempre quis ter seu próprio sistema operacional móvel, mesmo sendo a maior fabricante de aparelhos com Android. Ela até chegou a lançar aparelhos com um sistema próprio chamado Bada mas que só teve um relativo sucesso na Coréia do Sul. A poucos anos atrás ela resolveu juntar o seu sistema Bada com o MeeGO e começou a desenvolver o Tizen em parceria com a Intel.

O sistema tem como principal característica sua flexibilidade, sendo usado em diversos produtos da Samsung, de smartwatch e câmeras fotográficas à aparelhos televisores. Só o que a Samsung ainda não conseguiu lançar, com sucesso, foi um telefone com o sistema.

O celular Z1 deveria ser o primeiro celular com o sistema, mas só foi lançado na Índia e logo foi descontinuado.

Sailfish
Sailfish

Desenvolvido pela Jolla, uma empresa finlandesa fundada por ex-funcionários da NOKIA, é um sistema baseado no MeeGO, um sistema operacional de código aberto que era desenvolvido pela NOKIA e Intel.

A principal característica do Sailfish é sua Interface inteiramente baseada em gestos na tela de toque, sem uso de botões e possuir uma compatibilidade com aplicativos desenvolvidos para Android.

Por enquanto esse sistema teve um lançamento restrito a Finlândia e é bem difícil de ser encontrado em outro lugar.

Outros Sistemas Operacionais

Existem outras plataformas como a Ubuntu Phone e o Firefox OS, mas vou deixar para comentar mais sobre elas em outra oportunidade.

Gostou do post? Fique ligado na continuação da série especial “Apps Mobile”sobre as diferentes áreas envolvidas na criação de aplicativos. Na segunda parte de Linguagem de Programação, falaremos sobre os equipamentos e ambientes de desenvolvimento.

Até lá!

Smart Apps – A Era dos Aplicativos Inteligentes

Pode ter crise, inflação e até chover canivete, mas as pessoas continuam com seus smartphones na mão. O tempo todo. Algumas, desde que acordam até quando vão dormir. Mas, será que estamos realmente utilizando todo o potencial do mundo mobile?

Smart Apps – A Era dos Aplicativos Inteligentes
mao-segurando-smartphone-fotos

Muitos ainda usam o celular apenas como meio de contato com os amigos (via apps como Facebook, Whatsapp etc), outros usam para acessar a programação da TV, buscar festas na cidade, pedir comida ou encontrar descontos nas proximidades. Mas, os apps estão se tornando inteligentes e, cada vez mais, utilizam sensores e inteligência artificial para facilitar nosso dia a dia.

Dentre os precursores dos Smart Apps estão, o Easy Taxi, que localiza o taxista mais próximo para atender a uma corrida; o StumbleUpon, que busca conteúdos aleatórios na Internet, a partir das preferências do usuários, e o Room Scan, que monta mapas de ambientes em duas dimensões usando apenas a distância marcadas com os toques na tela.

Na geração seguinte podemos destacar o Waze, que não apenas traça rotas, como também mostra o melhor caminho considerando trânsito e acidentes, e o Guia Bolso, que organiza finanças pessoais automaticamente, a partir de dados coletados das contas bancárias e o IFTTT (If this than that), que permite a programação de ações entre aplicativos diversos (quando tirar uma foto, guardar no GoogleDrive; quando chegar um e-mail, registrar uma tarefa etc).

aplicativo-easy-taxi-iphones
mapa-GPS-waze-screen

Easy Taxi

Waze

Esse “novo poder” tem crescido tanto que hoje já existem aplicativos que suportam negócios inteiros. É o caso do AirBNB, que faz i aluguel de imóveis; do IndieGoGo, que viabiliza o financiamento de projetos por pessoas físicas, e do Periscope, que monta seu próprio canal de TVonline.

airbnb-screen-aplicativo

AirBNB

Hoje em dia, utilizar o smatphones e tablets para fazer transações bancárias, assistir a um filme ou aprender um novo idioma já são atividades corriqueiras na vida das pessoas. Isso nos faz lembrar que os celulares de hoje são, na verdade, computadores completos, com alta capacidade de processamento, armazenamento, interatividade e, principalmente, mobilidade.

As empresas estão percebendo essa migração e tem investido fortemente no desenvolvimento mobile, mas, muitas vezes, esquecem que fazer apenas o “feijão com arroz” não traz a diferenciação necessária para alcançar o “tão sonhado” destaque no mercado. Tecnologia não se escolhe pelo preço, mais pelo retorno que o investimento pode trazer, esse deve ser o mote.

Ecommerce-shop-smartphone-app

Os usuários de hoje não querem mais clicar em coisas para encontrar o que procuram, querem ser servidos por aplicativos que detectem suas necessidades e isso já é plenamente possível utilizando apenas a tecnologia disponível. O aplicativo que perceba sozinho se estou em casa, se estou com calor ou se acabou o leite da geladeira. Que ele descubra que tipo de música gosto de ouvir, que assuntos me interessam e que presente meu filho quer ganhar de aniversário (e, de preferência, que já faça a compra).

E o que o futuro nos reserva?

Trabalho com tecnologias móveis desde os tempos em que se faziam aplicativos de “agenda de telefones” e acompanhei toda a evolução dos celulares, minha percepção é que os aplicativos do futuro servirão, irremediavelmente, para integrar o homem e a máquina, nos tornando cada vez mais onipresentes e oniscientes (já que onipotente só Deus mesmo).

Cabe às empresas encontrar meios de utilizar esses “superpoderes” em favor dos negócios, criando novos paradigmas para o consumo sem as velhas restrições geográcas ou burocráticas, uma mudança desse porte requer novas formas de atender aos clientes.

game-coquetel-bomba-screen

Game Coquetel – Bomba

Para que isso se torne realidade, não é preciso apenas aplicativos inteligentes, mas pessoas atualizadas sobre tudo que a tecnologia pode oferecer. Nesse sentido, nada mais coerente que buscar um bom parceiro tecnológico para construir sua estratégia de mobilidade. Não tem mais volta, os apps estão cada vez mais smart. E você, vai ficar aí parado vendo a caravana passar?

Gostou do post? Se interessa por tecnologia e quer estar por dentro deste e de outros assuntos? Então, fique ligado nos próximos posts sobre Tecnologia e Negócios do blog da Tap4.

Mobilidade Corporativa – O caminho para aumentar as vendas

Enquanto uns choram, outros vendem lenços. Apesar da crise, o mundo mobile continua crescendo e as empresas estão cada vez aderindo mais a esse universo em busca de aumentar suas vendas. Mas quais os principais motivos? Primeiro, porque as tecnologias móveis abrem novos canais de vendas e, segundo porque possibilitam um maior controle sobre as equipes de vendas.

Mobilidade Corporativa – O Caminho para Aumentar as Vendas

Quando visto de forma equivalente ao e-commerce, o mobile permite a venda de produtos e serviços através do celular, pelo mesmo caminho do processamento de pedidos do e-commerce.

fluxo-a-b-mobilidade-corporativa

Até aí nada inovador, mas o a comunicação com o cliente é muito mais direta. Em vez de enviar os enfadonhos mailings, a empresa passa a enviar ofertas através de notificações, diretamente ao cliente, onde estiver, a qualquer hora do dia.

Coletam-se informações de acesso, navegação e dados pessoais para descobrir quais conteúdos têm maior adesão. Assim, os testes de produtos, combos e promoções não têm custos exagerados e, com estes dados, redirecionam-se ações de marketing nos aspectos propaganda, produto, preço e praça.

NA PROPAGANDA

Descobrir a melhor forma de conversar com o cliente, pela adesão aos conteúdos apresentados.

NO PREÇO

Promoções temporárias para clientes que visualizaram o produto e não compraram (problema de percepção de valor).

NA PRAÇA

Identificação das regiões com maior potencial para determinadas linhas de produtos.

NO PRODUTO

Os parâmetros de desempenho nas vendas permitem medir quais produtos têm o maior nível de interesse.

O sonho de comunicar o produto que o cliente está precisando, no preço que lhe convém, exatamente quando está passando próximo da loja já é uma realidade.

Produtos Digitais

Além dos produtos convencionais, podem-se vender os famosos “produtos digitais”, que não precisam de estoques, logística, pontos de venda e lançá-los com muita velocidade, melhorando o serviço em versões posteriores.

Uma editora, por exemplo, ao invés de vender apenas revistas e livros, passa a comercializar jogos, quizzes, quebra-cabeças, jogo da memória, simuladores etc. Mostrar conteúdos adicionais aos seus produtos, construir coleções, redes de discussão, redes sociais e, com isso, aumentar a frequência da comunicação com o cliente.

Há quem pense que todo produto digital é gratuito, mas nem sempre. Alguns tem partes pagas e gratuitas, é o conceito de “fremium”. O cliente recebe uma “isca” gratuita que virá recheada de “oportunidades para consumir”.

analise-mercado-de-aplicativos-crescimento
Controle da Equipe de Vendas

Você pode dizer que sua empresa não tem interesse em potencializar as vendas usando a internet sem aumentar seus custos fixos, mas certamente terá interesse em controlar o trabalho de campo tradicional. A mobilidade corporativa aplicada às vendas possui as seguintes funcionalidades:

CRIAR UMA LISTA DE POTENCIAIS CLIENTES

Acessíveis ao vendedor através do celular, onde estiver, em qualquer horário do dia. A lista de potenciais clientes orienta o vendedor sobre quais segmentos de mercado explorar e qual público-alvo deve procurar. A lista é feita imediatamente, sem a necessidade de estar no escritório.

AGENDAR VISITAS

O vendedor constrói sua agenda/roteiro de visitas através do mobile, recebe avisos quando estiver próximo a um cliente e reporta o status direto da rua, onde deve estar. Se necessário, o gestor de vendas pode fazer intervenções em tempo real, modificando o roteiro, passando orientações etc.

MONITORAR VISITAS

Garantir que o vendedor siga um roteiro de exposição de catálogo, coletar o grau de interesse do cliente em tempo real e, acompanhar a localização e a duração do procedimento. Deste modo, a equipe de marketing se torna mais ágil na reorganização do mix de produtos, pois tem a reação imediata dos clientes em cada região e para cada linha de produtos.

CONTROLAR LEADS

Uma vez identificada uma oportunidade, o controle do funil de vendas é realizado via mobile, sem que o vendedor sequer precise estar online, pois sincroniza os dados posteriormente. Controlando adequadamente o funil de vendas, menos leads envelhecem e até a capacidade produtiva com mais acurácia.

ELABORAR PROPOSTAS E ORÇAMENTOS

O cliente não pode ficar sem resposta. O tempo de retorno pode determinar o sucesso ou fracasso da negociação. Basta preencher alguns campos, do próprio celular, para enviar propostas e orçamentos.

GERIR O RELACIONAMENTO COM O CLIENTE

Investir no relacionamento com o cliente é essencial. Há inúmeras ferramentas que nos permitem ter todos os contatos à mão e saber suas preferências, contratos e até informações sobre pagamentos e inadimplência.

Estratégia de Mobilidade Corporativa

Se isso tudo ainda não for suficiente para encher seus olhos, lembre-se que com este mecanismo a venda pode ser realizada em qualquer lugar do mundo, de forma automática ou tradicional.

A tecnologia abre uma gama de possibilidades às empresas que buscam, na mobilidade corporativa, encontrar seu diferencial, seja pela velocidade no atendimento, agilidade para lidar com mudanças ou no compartilhamento de informações.

Uma boa estratégia mobile deve ser construída especialmente para cada negócio, aproveitando seus pontos fortes e revertendo seus pontos fracos. É por isso que as empresas têm buscado parceiros não apenas para desenvolver softwares, mas para criar soluções que apoiem seus objetivos.

tablet-estatisticas-graficos-ipad-negocios

Seja qual for sua necessidade, sua melhor opção é contratar uma empresa especializada em desenvolvimento de aplicativos mobile para resolver tudo isso pra você. 

Solicite hoje mesmo seu orçamento conosco.

Gostou do post? Se interessa por tecnologia e quer estar por dentro deste e de outros assuntos? Então, fique ligado nos próximos posts sobre Tecnologia e Negócios do blog da Tap4.

5 Erros clássicos que fracassam um Aplicativo

Dizer o que torna um aplicativo um sucesso é difícil. Há centenas de apps completamente diferentes e que tem milhões de downloads. Alguns são realmente muito bons, já outros, ninguém entende como fazem sucesso (e provavelmente você tem, já teve ou terá ele no celular). Por outro lado, existem alguns erros clássicos, que arruinam qualquer App e devem ser evitados para que um App tenha chance de estar entre os grandes. Confira!

Apps Confusos

Um aplicativo confuso ou com dezenas de funções complicadas onde o usuário não vai conseguir entender a finalidade do app, não vai entender pra quê ele serve.

O aplicativo precisa ser intuitivo, claro que existe o wizard, que explica rapidamente o que o app faz, mas o usuário tem que conseguir em poucos toques achar o que ele precisa, de maneira dinâmica e simplificada.

homem-smartphone-confuso
Design Ruim

Após definir as funcionalidades do app, um bom design é o segundo passo para que ele tenha sucesso. Pois o design não é apenas deixar o app com uma aparência bonita, o design trabalha além da identidade visual colocando as cores da sua empresa de uma maneira que chame a atenção e agrade o usuário, mas também com a experiência do usuário, pensando como ele vai ser comportar e assim projetar as telas de maneira que a navegação seja intuitiva.

mao-segurando-app-twitter-layout-ruim
Bugs

Um app com bug é um app que vai ser deletado na primeira oportunidade. Se o aplicativo apresentar bugs como um menu que não funciona, ou travar o smartphone, ou pior, nem abrir, ele vai ser deletado com certeza, por isso é muito importante ter uma equipe de testes, que vai testar sua aplicação em diferentes devices.

app-bug-mobile
Servidor Lento

Para que o aplicativo funcione ele precisa estar conectado a um bom servidor, primeiro para que o app não fique fora do ar (o temido Error 404), depois, que ele se mantenha sempre ativo e que possam ser feitas atualizações e melhorias nele, sem sobrecarga de acesso.

estatisticas-graficos-servidor
Falar Muito

Prometer que o app vai ter mil e uma utilidades e não conseguir cumprir com isso.

Não adianta fazer muita propaganda, ainda mais esperar por um milagre, se o seu aplicativo não for realmente fazer tudo que está sendo falado.

falar-muito

Seu app se enquadra em alguma dessas situações? Não se desespere! Aqui no blog você encontra posts com diversas alternativas para melhorar seu app e torná-lo atrativo e competitivo no mercado, utilizando tecnologias poderosas, melhorando o design ou transformando-o num smart app de verdade.

Gostou do post? Se interessa por tecnologia e quer estar por dentro deste e de outros assuntos? Então, fique ligado nos próximos posts sobre Tecnologia e Negócios do blog da Tap4.

Apps Mobile – Design

Hoje iremos iniciar no blog a série especial “Apps Mobile”, sobre as diferentes áreas envolvidas na criação de aplicativos, abordando as etapas e desafios do processo de desenvolvimento. Neste primeiro post falaremos do Design de Apps Mobile.

A importância do Design no Desenvolvimento de Apps Mobile

Engana-se quem pensa que Design de Aplicativos trata apenas de escolher uma cor e uma fonte de letra “bonita” para o aplicativo.

Como qualquer outro produto, para se criar um aplicativo, é imprescindível utilizar o design para lançar no mercado um produto de excelência (afinal, seu app precisa chamar atenção do usuário logo de cara).

ux-aplicativo-mobile-design
Aparência x Usabilidade

Mas vamos por partes, depois de determinar os pontos principais no seu aplicativo (funcionalidades e público-alvo) é preciso pensar na interação do usuário com ele, e nesse ponto entra o design.

Experiência do Usuário

É o profissional de design que cria toda essa interação entre app e pessoa, a chamada Experiência do Usuário (ou UX para os íntimos), é na UX que são definidas como todas as funções do app vão se comportar, ela que coloca tudo em ordem, claro colocando em prioridade proporcionar a melhor experiência para o usuário ao utilizar o aplicativo.

Colocando em prática, se você ao usar um aplicativo sente que ele é de fácil manuseio, que as funções possuem uma ordem que combinam, que tudo que o app se propôs em oferecer está lá e de fácil acesso, então agradeça ao design que fez uma UX pensando na melhor maneiro de oferecer tudo isso para você.

UX-Aplicativos-mobile-blog

UX – User Experience

Interface do Usuário

Mas claro, não adianta um aplicativo simples de usar mas que não chame atenção ou chame atenção da maneira errada. E para isso existe a Interface do Usuário (ou apenas UI). É na UI que é feita toda a “cara” do app, são determinadas as cores, fontes de letras, ícones, tamanho dos botões, enfim, toda a aparência do aplicativo.

Ah, não vá pensando que é apenas para escolher uma cor bonitinha, jogar um “comic sans” (pelo amor do amor não use comic sans) e espalhar no wireframe que está pronto.

Ui-move-me

UI – User Interface App Move.Me (SESC-SP)

Em suma, quando o assunto é design, imagina-se logo a preocupação com valores estéticos (o que é muito importante também), mas esta ferramenta vai além disso, cabe ao designer a função de tornar a experiência do usuário algo único e positivo. As formas seguirão as funcionalidades, ou seja, nada pode ser colocado por acaso.

Toda a aparência das telas é escolhida (com base no que foi determinado pela UX) dependendo do estilo do seu aplicativo e dos seus usuários. Se você quer fazer um app de receitas, ele tem que ter a cara de um app de receitas, ou uma aplicação de atividade física, tem que ter a cara de um app que te chame para levantar do sofá e correr.

Enquanto o projeto está sendo executado, surgirão problemas, ideias, alterações mas o mais importante é conseguir encontrar soluções práticas e criativas para tudo isso.

workpoint-aplicativo

UI – User Interface App WorkPoint (Tap4)

Gostou do post? Se interessa por tecnologia e quer estar por dentro deste e de outros assuntos? Então, fique ligado na continuação da série especial “Apps Mobile”.

No próximo post falaremos sobre um aspecto importante no processo de desenvolvimento de projetos mobile: a Linguagem de Programação.